Sai Preguiça

Publicado por Guia Vila Leopoldina em 07/04/2016 às 13h42

Você é do tipo que adia suas tarefas, vai empurrando com a barriga para ver onde vai dar, tem dificuldade em abrir mão da comodidade?  Acha que tem tanta coisa para fazer que só de pensar já fica cansado? É. Pelo jeito a preguiça também passou por aí.

Todos nós queremos viver o melhor da vida, mas não conseguimos o melhor da vida se estivermos de bobeira com preguiça até de respirar. Mas como é difícil vencer a preguiça e ter atitude, ação de fato, mesmo sabendo que será melhor para nós. Por que temos a tendência de repetir os velhos hábitos e de resistir aos novos?

Porque quando precisamos fazer algo que não nos parece prazeroso ou temos que aprender uma nova atividade, nosso cérebro precisa demandar muito mais energia do que o normal e como ele sempre quer nos preservar, para aumentar nosso ciclo de vida, guarda energia nos fazendo evitar a tarefa nova. É por isso que muitas vezes nos julgamos preguiçosos ou inativos. Adiamos as tarefas para preservarmos energia.

Este mecanismo acontece em vários aspectos de nossa vida, mas aqui vou me concentrar no impacto negativo que a preguiça exerce em um processo de emagrecimento, principalmente quando se refere à atividade física.   De todos os pilares que compõe o processo de emagrecimento, este é um dos mais importantes, pois seu corpo precisa estar em movimento. Mas como é difícil ter a bendita força de vontade para persistir, praticar e desenvolver o hábito de praticar atividade física. Quem nunca pagou o pacote anual da academia e frequentou apenas um ou dois meses no máximo?  Pois é, foi assim que funcionou comigo durante anos e é assim que funciona com minhas clientes. Elas chegam ao consultório dizendo que detestam fazer ginástica, que morrem de preguiça e que não tem vontade alguma de praticar exercícios físicos.

Durante todos os anos de briga com a balança, sempre foi tudo muito chato. Eu fazia a dieta forçada, exercícios sem vontade, comida sem graça, tudo era sofrido. Nunca tive a oportunidade de ter vontade e prazer em seguir uma dieta ou fazer exercícios. Iniciava, fazia por um período e depois largava.  Foi por isso que me encantei com a metodologia de trabalhar a mente além do corpo. Eu tive a oportunidade de escolher fazer o processo de emagrecimento ensinando a minha mente a seguir a dieta e fazer exercícios com prazer, com vontade, sem sofrimento, de forma natural como se fizesse parte dos meus comportamentos. É possível, hoje, através de técnicas especificas, mudar seu padrão mental para que você possa ter a vontade e principalmente o prazer em fazer qualquer atividade física, sem esforço ou sofrimento, só mudando seu padrão mental.

Vamos lá! Faça você mesmo um exercício simples, mas que pode começar a sua mudança. Pense na atividade física que precisa fazer, mas está adiando. Agora pense no que está te impedindo de fazer. Feche os olhos e se imagine realizando. Pense mais um pouco nessa imagem e imagine você realizando, concluindo e recebendo a recompensa por ter feito. Qual o sentido que te traz essa realização? O que você sente de bom neste momento? Experimente todas as sensações boas, coloque nessa imagem cor, brilho, luz. Aproxime-a de seus olhos e a deseje. Afinal de contas, é dessa forma que você quer ficar. Abra seus olhos, feche novamente e faça o procedimento novamente por algumas vezes. Repita este procedimento sempre que possível. Você estará ensinando seu cérebro o que quer de fato.

Fica a dica desta  semana.

Abraço.

Coach de Emagrecimento

Andrea Romão

http://vida-estilo.estadao.com.br/blogs/mente-magra/sai-preguica/ 

 

 

Já curtiu nossa página no Facebook? 
www.facebook.com/guiadavilaleopoldina

Enviar comentário

voltar para Blog

bsd b01s center|show bdt b01s|b01s bdt|bnull||image-wrap|news login|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login news b01 bsd c05|c05 b01 bsd|b01 c05 bsd|content-inner||